Making sense of young people’s negotiation of tourism landscapes in Goa and Lisbon

Sinead D’Silva, Research Fellow at Instituto de Ciências Sociais – Universidade de Lisboa (ICS-ULisboa)

In this blog post, I want to spend some time talking about the motivation behind my research, exemplified through the active form of resistance and sense of place-making by young people in Goa as they make sense of their futures by confronting their present and past.

First, I will provide an overview of the project, followed by some primary observations and an example of why I feel it is crucial to not forget that even in situations of seeming complacency or even existence for sustenance, resistance may eventually emerge. Finally I will explain the expected direction for the research to proceed. Here, the young person is located within the research as considerations are made regarding ‘futures’.

Continuar a ler

Life nos media: outubro-dezembro 2020

Rubrica que destaca a voz de investigadores/as do LIFE Research Group nos media.


Público – P2 |27-12-2020
Ciências Sociais em Público (XXXIX)
«À roda dos valores em Portugal: Os valores humanos durante a infância e a adolescência»
Artigo de Iva Tendais.

“Este artigo é sobre um projeto de investigação centrado nos valores das crianças e dos adolescentes, bem como nos fatores que os influenciam e que são por eles influenciados. Esta é a história de um projeto marcado pela pandemia de covid-19 e no qual participaram já mais de 4000 pessoas.”


Público – P2 | 11-10-2020
Série CIÊNCIAS SOCIAIS EM PÚBLICO (XXVIII)
«Um retrato da saúde mental na comunicação social em Portugal»
Artigo de Pedro Alcântara Silva

“Que visibilidade e que características tem a informação sobre saúde mental na comunicação social? Que contributos dá para a literacia em saúde mental e para a formação de atitudes sobre a doença mental e os seus doentes?”


Continuar a ler

Educational provision and professional training for youth in contemporary art museums| 26 Janeiro | 11h





Na próxima terça-feira, dia 26 de janeiro de 2021, o LIFE Webinars contará com a participação de Carolina Silva, do ICS-ULisboa.


Os jovens são muitas vezes vistos como ‘outsiders’ nos públicos dos museus, especialmente quando considerados como visitantes independentes – fora do contexto escolar ou de visita em família. No entanto, nas últimas décadas tem-se registado um crescente investimento em programas para jovens, com destaque para iniciativas continuadas, sustentadas numa abordagem de cocriação – para e com os jovens.

Continuar a ler

Carolina Silva e a educação e formação para jovens em museus de arte contemporânea

Carolina Silva é investigadora no ICS ULisboa com uma Bolsa Marie Curie – Career restart (2020-2023), com o projecto “Educational provision and professional training for youth in contemporary art museums”, com supervisão de Vítor Sérgio Ferreira.

Quando é que o teu interesse em trabalhar/investigar o domínio da educação artística se tornou uma coisa ‘séria’?
É um interesse movido por uma grande curiosidade e inquietude, e como tal é acima de tudo uma coisa ‘viva’. Embora tenha formação em belas artes, como artista, desde cedo percebi que me interessava tanto ou mais pelas relações que as pessoas criam com a arte, e entre si através da arte, do que pela arte enquanto prática individual. A educação artística em Portugal é uma área pouco densa, tanto no domínio profissional como da investigação, o que não ajudou a ancorar a minha vontade em explorar este território. Diria por isso que foram vários encontros e momentos ao longo do meu percurso que contribuíram e contribuem para ver o meu trabalho em educação artística também como uma coisa ‘séria’.

Continuar a ler

Capítulos e Artigos em Janeiro

POST_SCRIPTUM.png

Bom Ano Novo!

Nesta primeira entrada de 2021 da rubrica Post Scriptum damos destaque a quatro publicações (capítulos e artigos) de investigadores/as do LIFE Research Group (ICS-ULisboa).

A primeira chamada vai para dois capítulos publicados no livro Building a framework for child-centred disaster risk management in Europe, editado na Bristol University Press por Maggie Mort, Israel Rodriguez-Giralt e Ana Delicado. Esta obra colectiva problematiza a contemporânea gestão de desastres. Salientando a complexidade desses fenómenos, que comportam dimensões ambientais. sociais e culturais, o livro desenvolve olhares críticos ao paradigma dominante da gestão de catástrofes, advogando pela participação das crianças nos processos de planeamento de gestão das catástrofes.

É da experiência concreta de participação de crianças e jovens, no âmbito do projeto CUIDAR que tratam os capítulos em que participam Ana Sofia Ribeiro e Ana Nunes de Almeida, colegas associadas ao LIFE, bem como Ana Delicado e Jussara Rowland, também nossas colegas do grupo ATS.

No que diz respeito a artigos, destacamos duas novas publicações.

Em Do jornalismo ao seu abandono: uma análise a partir do percurso de ex-jornalistas em Portugal, José Nuno Matos continua a sua linha de investigação sobre as transformações no meio jornalístico e suas implicações para a prática profissional dos jornalistas. Desta feita, o autor desvela percursos profissionais de ex-jornalistas, examinando motivações para a ruptura com o meio, identificando novas áreas de emprego e sua relação com os meios de comunicação social.

Em Pathways for a ‘Good Death’, Ana Patrícia Hilário e Fábio Augusto analisam práticas de fim de vida, tendo por base trabalho etnográfico em unidades de cuidados paliativos com familiares de doentes incuráveis e em fase terminal. Os resultados indicam que, tanto profissionais como familiares, valorizam uma intervenção holística que garanta o bem-estar físico, psicológico, social e espiritual dos pacientes, onde o alívio dos sintomas físicos é de particular importância e a sedação paliativa surge como um mecanismo que permite ao paciente obter uma ‘boa morte’.

Boas leituras!


CAPÍTULOS

Anna Grisi, Flaminia Cordani, Sofia Ribeiro, Charikleia Kanari, Vassilios Argyropoulos, Miriam Arenas and Ana Delicado 
Dialogues with Children, Mutual Learning Exercises and National Policy Debates
In Maggie Mort, Israel Rodriguez-Giralt and Ana Delicado (Eds.), Children and Young People’s Participation in Disaster Risk Reduction Agency and Resilience, pp. 37-62
Bristol University Press. ISBN 978-1447354390
https://library.oapen.org/handle/20.500.12657/43022

Israel Rodríguez-Giralt, Maggie Mort, Ana Nunes de Almeida and Ana Sofia Ribeiro 
Building a framework for child-centred disaster risk management in Europe
In Maggie Mort, Israel Rodriguez-Giralt and Ana Delicado (Eds.), Children and Young People’s Participation in Disaster Risk Reduction Agency and Resilience, pp. 93-117
Bristol University Press. ISBN 978-1447354390
https://library.oapen.org/handle/20.500.12657/43022


ARTIGOS

José Nuno Matos
Do jornalismo ao seu abandono: uma análise a partir do percurso de ex-jornalistas em Portugal 
[From journalism to its abandonment: an analysis based upon the socioprofessional course of former journalists]
Comunicação Pública Vol.15 nº 29
http://hdl.handle.net/10451/45577

Ana Patrícia Hilário, Fábio Rafael Augusto
Pathways for a ‘Good Death’: Understanding End-of-Life Practices Through An Ethnographic Study in Two Portuguese Palliative Care Units
Sociological Research Online, First Published November 26, 2020. DOI 10.1177/1360780420972724.
http://hdl.handle.net/10451/45303


“Food in transition(s)”. Práticas alimentares ao longo do percurso de vida | 12 Janeiro | 11h





Na próxima terça-feira, dia 12 de janeiro de 2021, o LIFE Webinars contará com a participação de Vasco Ramos, do ICS-ULisboa.


Continuar a ler

E depois de um ano descontinuado? Implicações da pandemia de Covid-19 para a cultura ao vivo

Life_GOES ON 1


Teresa Duarte Martinho, ICS-ULisboa

“Celebrity Solstice. Theatre.” by Tom Mascardo 1 is licensed under CC BY-ND 2.0

Um ano após o surgimento dos primeiros sinais de Covid-19, e do confinamento instituído pela declaração do carácter pandémico da doença, distinguem-se alguns contornos das transformações ocorridas em dimensões diversas da realidade social, que originam questionamentos e prenunciam mudanças. A pandemia lançou às sociedades o desafio principal de enfrentar a liberdade humana, destacou, em entrevista, Steve Fuller, sociólogo e orador convidado na conferência interdisciplinar que organizámos no ICS-ULisboa, no final de 2019, acerca das implicações da inteligência artificial e big data nos quotidianos, direitos humanos e na democracia. Quando a pandemia se dissipar, como vão definir a sua versão de normal? O problema torna-se muito mais exigente, de acordo com Fuller, para os regimes que têm defendido a liberdade, já que os outros supõem que, ultrapassado o vírus, reentram rapidamente na versão anterior.

Continuar a ler

Livros e Capítulos em Dezembro

POST_SCRIPTUM.png

Nesta rubrica mensal damos destaque às publicações de investigadores/as do LIFE Research Group (ICS-ULIsboa).

Na entrada de dezembro de 2020 do Post Scriptum chamamos a vossa atenção para um livro e três capítulos.

Ana Patrícia Hilário e Fábio Rafael Augusto são os editores de Practical and Ethical Dilemmas in Researching Sensitive Topics with Populations Considered Vulnerable. Neste livro estão coligidos textos de diversos autores que debatem questões práticas e éticas na pesquisa com pessoas e populações vulneráveis. A diversidade de textos é significativa. Entre outros, são abordados temas como os desafios à pesquisa com crianças com diagnóstico no espectro do autismo ou as questões da obtenção de consentimento informado na investigação com vítimas de violência, passando ainda pelos problemas da categorização na pesquisa com pessoas trans ou em grupos étnicos.

Teresa Duarte Martinho, no capítulo Cultura, política, trabalho: profissionais desocultados procuram direitos e cuidados, recupera sinteticamente o historial da política para a cultura em Portugal, tendo como ponto de partida as mobilizações sindicais e profissionais de trabalhadores do espectáculo e outros agentes culturais desde o início da pandemia da Covid. A autora salienta que, embora as recentes movimentações tenham dado maior visibilidade ao problema, a precariedade laboral e a vulnerabilidade social destes trabalhadores são problemas que se arrastam, perante a passividade de sucessivos governos.

Sinead D’Silva, em Transitioning from higher education: Stories from students in a STEM discipline, propõe que pensemos em “empregabilidade” partindo da perspectiva dos jovens diplomados e recusando concepções tecnocráticas, tais como as veiculadas por instituições de ensino superior, formuladores de políticas ou empregadores. Sustentando-se no enquadramento teórico das ‘Conversas internas’ de Margaret Archer, o capítulo apresenta casos de tomada de decisão processual de jovens desde o último ano do seu curso até 6 meses após a formatura. O capítulo defende que, para os jovens diplomados, o futuro da carreira é amplo, não linear e contextual, refletindo preocupações diversas e não meramente instrumentais.

Vítor Sérgio Ferreira, no capítulo Is an ethics of bodily inclusion emerging in the glamorous world of fashion models?, aborda as condições, significados e efeitos de mudanças recentes na indústria da moda, questionando em que medida as mesmas promovem uma ética inclusiva e a democratização do cânone de aparência, no mundo altamente competitivo e selectivo das modelos. A discussão sustenta-se em entrevistas semi-dirigidas conduzidas com bookers de moda e em grupos focais com jovens modelos.

Boas leituras e Boas Festas!


LIVRO

Ana Patrícia Hilário, Fábio Rafael Augusto (Eds.)
Practical and Ethical Dilemmas in Researching Sensitive Topics with Populations Considered Vulnerable.
Basel: MDPI. ISBN 978-3-03943-394-0
http://hdl.handle.net/10451/44817

CAPÍTULOS DE LIVRO

Teresa Duarte Martinho
Cultura, política, trabalho: profissionais desocultados procuram direitos e cuidados
In Leão, T. (Ed.), Em Suspenso. Reflexões Sobre o Trabalho Artístico, Cultural e Criativo na Era Covid-19 (Cadernos da Pandemia, vol. 5), pp. 6-13
Porto: Instituto de Sociologia da Universidade do Porto. ISBN: 978-989-8969-61-3
http://hdl.handle.net/10451/44772

Sinead D’Silva, Samantha Pugh
Transitioning from higher education: Stories from students in a STEM discipline
In Bartram, B. (Ed.), Understanding Contemporary Issues in Higher Education: Contradictions, Complexities and Challenges, pp. 21-31
Taylor and Francis. eBook ISBN 9780429354274. https://www.taylorfrancis.com/books/e/9780429354274/chapters/10.4324/9780429354274-3

Vítor Sérgio Ferreira
Is an ethics of bodily inclusion emerging in the glamorous world of fashion models? 
In Nandy, S. Nicole Bojko, Kiera Obbard (Eds.), Ethical Glamour and Fashion: Styling Persona Brands, pp. 71-79
Toronto: WaterHill Publishing 
http://hdl.handle.net/10451/44885



Capítulos e Artigos em Novembro

POST_SCRIPTUM.png

Nesta rubrica mensal damos destaque às publicações de investigadores/as do LIFE Research Group (ICS-ULIsboa).

Nesta entrada do Post Scriptum destacamos um capítulo e um artigo

Manuel Villaverde Cabral, no capítulo A sociedade portuguesa na década de 1960, defende que a história de um determinado problema específico ou período dificilmente se cinge apenas a uma década. Debatendo os anos Sessenta em Portugal, discute quais os marcos que, a montante e a jusante, balizam o turbilhão de transformações então ocorridas.

Maria Manuel Vieira, no artigo Ética e deontologia no exercício da sociologia: novos desafios, identifica alguns dos desafios que se colocam aos sociólogos no exercício da profissão. No artigo equaciona-se a necessidade de actualizar as normas vertidas no código deontológico da APS, a partir da recolha e discussão das cartas de princípios éticos de associações congéneres europeias.

Boas leituras!


CAPÍTULO

Manuel Villaverde Cabral
A sociedade portuguesa na década de 1960
In Brito, J. M. B. de, Santos, P. B. (Eds.), Os anos sessenta em Portugal. Duas governações, diferentes políticas públicas?, pp. 37-50
Porto: Afrontamento. ISBN 978-972-36-1821-1
http://hdl.handle.net/10451/44692

ARTIGO

Maria Manuel Vieira, Ana Matias Diogo, Ana Paula Marques
Ética e deontologia no exercício da sociologia: novos desafios
Sociologia On Line, 23, 31-50. DOI 10.30553/sociologiaonline.2020.23.2
http://hdl.handle.net/10451/44522



A Participação da Mãe no Mercado de Trabalho e o Diferencial de Anos de Estudo por Gênero entre Adolescentes | 17 Novembro | 11h





Na próxima terça-feira, dia 17 de novembro de 2020, o LIFE Webinars contará com a participação de Ana Cecília de Almeida, do Ministério da Saúde, Brasil.


Continuar a ler