Uma leitura de «Os jovens portugueses no contexto da Ibero-América»

denise.pngDenise Laranjeira é professora titular na Universidade Estadual de Feira de Santana, e foi investigadora visitante no ICS-ULisboa.


978-972-671-379-1.jpg

O livro “Os jovens portugueses no contexto da Ibero América”, publicado pela Imprensa de Ciências Sociais no final de 2016, e coordenado por José Machado Pais e Cícero Roberto Pereira, traz alguns dos principais resultados e análises do Primeiro Inquérito “A Juventude Ibero Americana”, fruto de um protocolo institucional que abrange o Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ), a Organização Ibero Americana de Juventude (OIJ) e o Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa (ICS-ULisboa), através do seu Observatório Permanente da Juventude (OPJ). Continuar a ler

As promessas e as aporias do digital: uma obra coletiva para pensar a digitalização da cultura e da arte

José Marmeleira é crítico e jornalista. Prepara uma tese de doutoramento sobre a arte e a cultura em Hannah Arendt no Programa Doutoral em Filosofia da Ciência, Tecnologia, Arte e Sociedade da Universidade de Lisboa


1_Capa_Cultura_e_Digital_Bx.jpg

Capa do livro Cultura e Digital em Portugal

Organizado por três sociólogos, Teresa Duarte Martinho (Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa), João Teixeira Lopes (Faculdade de Letras da Universidade do Porto) e José Luís Garcia (Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa), Cultura e Digital em Portugal oferece um panorama plural e alargado do trabalho académico que tem vindo a ser realizado em torno do tema da digitalização na arte e na cultura. Ensaios, estudos de caso, análises de iniciativas e pesquisas empíricas e, acima de tudo, pontos de vista diversos e sensibilidades distintas compõem esta obra coletiva que, em certa medida, é uma continuação do colóquio realizado, há dois anos, no Instituto de Ciências Sociais, Universidade de Lisboa. Trata-se de uma publicação com a chancela das Edições Afrontamento, integrando a coleção Biblioteca das Ciências Sociais.

Continuar a ler

Políticas do desejo: representações coloniais nas relações entre trabalhadoras do sexo brasileiras e clientes portugueses

emerson.pngEmerson Pessoa – Doutorando em Sociologia no ICS-ULisboa, pelo Programa OpenSoc, professor da Universidade Federal de Rondônia (UNIR), Líder do Grupo de Pesquisa e Extensão sobre Gêneros, Discursos e Comunicação na Amazônia Ocidental (HIBISCUS)


A globalização e a mobilidade de pessoas na contemporaneidade potencializaram os processos de mudança entre o local e o global. As teorias das migrações desenvolveram discussões sobre as transformações culturais e políticas relacionadas com este processo e os reflexos na vida dos atores envolvidos. As relações entre migrantes e pessoas do país de destino tornaram-se importantes na compreensão das culturas e das contradições resultantes deste movimento em contexto pós-colonial. Neste cenário, os estudos envolvendo sexualidade, afetos e migração possibilitaram compreender os diversos intercruzamentos entre a tradição e a modernidade, o público e o privado, o nós e o outro, o natural e o exótico, o centro e a periferia, as transformações dos papeis de gêneros e as práticas da sexualidade. Continuar a ler

Envelhecimento em Lisboa, Portugal e Europa

pmf.pngPedro Moura Ferreira é Sociólogo, Investigador Auxiliar no ICS-ULisboa e Coordenador do Instituto do Envelhecimento


978-972-671-376-0-1

O livro Envelhecimento em Lisboa, Portugal e Europa: Uma perspetiva comparada, de Manuel Villaverde Cabral, Maria Toscano e Pedro Alcântara da Silva, recentemente editado pela Imprensa Ciências Sociais, dá conta de um estudo comparativo entre a população portuguesa sénior residente em Lisboa e a população da mesma faixa etária residente no conjunto de Portugal, assim como em três países europeus escolhidos para efeitos comparativos ─ Espanha, Suécia e República Checa. Com o fim de sustentar a reflexão e o debate sobre as políticas públicas em torno do envelhecimento, a investigação visou estabelecer o perfil sociodemográfico, atitudinal e comportamental da população sénior da cidade de Lisboa, tendo em consideração o enquadramento nacional e europeu.

O livro tem duas particularidades que devem ser ressaltadas.

Continuar a ler