Ir para além da dor crónica: contributos sociológicos para a sua compreensão em idade pediátrica

POST-CAST.png

Imagem2Ana Patrícia Hilário é Investigadora no ICS-ULisboa.


IMG1

Como é que as crianças e as suas famílias experienciam a vivência da dor crónica? Que significados as crianças e os seus pais atribuem a esta condição? De que modo as crianças e as suas famílias a gerem? De que forma ela tem impacto sob a vida familiar? Estas representam as principais questões a que o projeto ‘Tornar visível o invisível’, que estou a desenvolver no ICS-ULisboa com o apoio da FCT, procura dar resposta. Continuar a ler